Aprovis busca firmar parcerias e ampliar o mercado de biogás no Brasil

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Fundada no ano 2000, a Aprovis, nova associada da ABiogás, é uma empresa altamente especializada com foco na utilização eficiente da energia em plantas de purificação de biogás para biometano e cogeração.  Com larga experiência em gases de exaustão e tecnologia de tratamento de gases, a Aprovis oferece componentes individuais específicos ou soluções de sistemas compactos que são usados em todo o mundo, e seguem os padrões da Diretiva Europeia de Equipamentos de Pressão (PED 2014/68 / EU), o Código ASME ou o EAC.
 
Com clientes em diversos países, a Aprovis conta com uma equipe de mais de 170 colaboradores na Alemanha, onde fica a sede, e no escritório regional em YogyaKarta, no Sudeste Asiático.
 
Segundo o gerente de vendas para a América Latina, Enrique Cabrera, a empresa enxerga um enorme potencial no mercado brasileiro. “Sabemos que apenas uma pequena parte do potencial do biogás está sendo aproveitada e queremos contribuir para ampliar esses números. Podemos oferecer soluções para direcionar o negócio agrícola, e para estações de tratamento de águas residuais e aterros sanitários”, afirmou.
 
Segundo Enrique, a Aprovis se associou à ABiogás para buscar referências sobre o mercado brasileiro, a fim de estabelecer parcerias locais como as que já têm em outros países, com empresas EPCistas e fabricantes de equipamentos de engenharia, além de ampliar o networking com possíveis clientes e empreendedores. “Também esperamos contribuir com o nosso know-how para ajudar a expandir o mercado de biogás no Brasil. Temos no nosso catálogo mais de 2 mil projetos executados”, comentou Enrique.
 
Entre os produtos e serviços que a empresa oferece estão o sistema FriCon, que resfria e desumidifica gases para uso posterior em usinas combinadas de calor e energia ou estações de tratamento de biogás. O sistema otimiza o processo de combustão e aumenta a confiabilidade operacional, além de reduzir os tempos de parada da planta.  “Ao resfriar o fluxo de gás, a umidade que ele contém condensa e pode ser removida do gás e descarregada como condensado. O equipamento, com desembaçador opcional, remove até 99% das gotas de condensado”, explica Enrique.
 
Outro produto são os filtros de carvão ativado (Aprovis ActiCo) usados ​​quando os gases estão contaminados com sulfeto de hidrogênio (H2S), siloxanos ou outras substâncias. “É o caso, por exemplo, do biogás, gás de esgoto ou gás de aterro. O sulfeto de hidrogênio deve ser separado para que a usina combinada de calor e energia possa ser operada com um conversor catalítico de gás de exaustão”, explica. Assim como os sistemas de refrigeração, o ActiCo está disponível em diversos modelos de acordo com a necessidade do empreendimento.
 
A empresa ainda oferece equipamentos como trocadores de calor, geradores de vapor, silenciadores, conversores catalíticos e catalisadores. “A Aprovis é especialista em soluções de sistemas. Mesmo plantas complexas podem ser operadas de uma forma amigável para o cliente. Com o controle digital, é fácil acessar as plantas remotamente. As equipes de técnicos da Aprovis respondem de forma rápida e flexível”, concluiu Enrico.

 

Comente aqui:

Sobre a Abiogás

Desde 2013, a ABiogás é o canal de interlocução entre o setor de biogás e sociedade civil, os Governos Federal e estaduais, as autarquias e os órgãos responsáveis pelo planejamento energético brasileiro.

Posts Recentes

Curta nossa página: