Novo projeto de biogás no Brasil vai contar com sistema de purificação da Greenlane

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A Greenlane começou o ano com dois novos contratos para o fornecimento de sistemas de purificação de biogás para biometano, um deles com a Orizon, no Brasil, e o outro nos Estados Unidos, que somam mais de US$ 7 milhões. A parceria com a Orizon, uma das maiores operadoras de aterros sanitários do país, marca o sexto contrato da Greenlane no país. A empresa canadense fornecerá seu sistema de lavagem com água para purificação do gás de aterro sanitário para Gás Natural Renovável (GNR) de baixo carbono.

 

“Acreditamos que o Brastil tem um potencial significativo de valorização de biogás, incluindo gás de aterro para GNR, resíduos de produção de cana-de-açúcar e outros tipos de projetos de purificação”, disse Brad Douville, presidente e CEO da Greenlane. “Embora a indústria de GNR do Brasil esteja nos estágios iniciais de desenvolvimento, o mercado está crescendo. A Greenlane já vendeu 67% dos sistemas de purificação de biogás em escala comercial no país.”

 

Projeto Dairy GNR no estado de Nebraska nos EUA

 
Nos Estados Unidos, a Greenlane fechou um contrato para o fornecimento de um sistema de purificação de biogás para um projeto de GNR de fazenda leiteira no estado de Nebraska. A Greenlane fornecerá seu sistema PSA para purificar o biogás gerado a partir da digestão anaeróbica de esterco de vaca leiteira em Biometano, adequado para injeção na rede de dutos local.
 
“O GNR derivado de laticínios é altamente negativo em carbono, fornecendo uma das maneiras mais impactantes de alcançar uma descarbonização profunda e atingir as metas de emissões líquidas zero”, comentou Douville, presidente e CEO da Greenlane. “Por isso, continua sendo um dos segmentos mais dinâmicos e de mais rápido crescimento do mercado.”

Comente aqui:

Sobre a Abiogás

Desde 2013, a ABiogás é o canal de interlocução entre o setor de biogás e sociedade civil, os Governos Federal e estaduais, as autarquias e os órgãos responsáveis pelo planejamento energético brasileiro.

Posts Recentes

Curta nossa página: