WEG defende maior participação do biogás na matriz energética brasileira

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Nova associada da ABiogás, a WEG se destaca em inovação pelo desenvolvimento constante de soluções para atender às grandes tendências voltadas à eficiência energética, às energias renováveis e à mobilidade elétrica.
 
A empresa oferece equipamentos e serviços utilizados nos processos de cogeração de energia, como motores e redutores, geradores, alternadores, turbinas a vapor, subestações e transformadores, inversores de frequência, soft starters, painéis e componentes elétricos, nobreaks, sistemas de automação (Soluções digitais e plataforma IoT para a Indústria 4.0), tintas e vernizes, entre outros.
 
De acordo com o diretor de Relações Institucionais e Marketing, Daniel Marteleto Godinho, a empresa espera atuar e defender o setor em questões econômicas e regulatórias junto à ABiogás, entre as quais estão os leilões de energia específica, aumento de escala, busca por financiamentos competitivos e fundos garantidores, maior inserção da indústria nacional nos investimentos e capacitação profissional do setor.
 
“Precisamos ampliar a participação do biogás na matriz energética brasileira, como por exemplo por meio da realização de leilões de energia nova e contratação livre. Além de contribuir para superar os desafios da crise energética, este tipo de energia está alinhada com os pilares da sustentabilidade, pois contribui para o desenvolvimento social, ambiental e econômico”, afirmou.
 
Para Daniel, há um grande potencial para o biogás e o biometano no Brasil. “A inserção na matriz energética brasileira é fundamental, com grande potencial da geração distribuída (GD) no setor. Precisamos lembrar ainda, que são combustíveis-chave na transição energética, transformando passivos ambientais e resíduos potencialmente poluidores, em ativos energéticos. Além de gerar energia de qualidade (com baixa pegada de carbono), promovendo a sustentabilidade e a redução das emissões dos gases de efeito estufa”, completou.
 
Fundada em 1961, a WEG é uma empresa global de equipamentos eletroeletrônicos, atuando principalmente no setor de bens de capital com soluções em máquinas elétricas, automação e tintas, para diversos setores, incluindo infraestrutura, siderurgia, papel e celulose, petróleo e gás, mineração, entre muitos outros.
 
Com operações industriais em 12 países e presença comercial em mais de 135 países, a companhia possui mais de 33 mil colaboradores distribuídos pelo mundo. Em 2020 a WEG atingiu faturamento líquido de R$17,5 bilhões, destes 56% proveniente das vendas realizadas fora do Brasil.
 
Números WEG:
 
• Colaboradores no Brasil: 23.321
• Colaboradores no mundo: mais de 33 mil
• Países com fábricas da WEG: 12 (Brasil, Argentina, Colômbia, México, EUA, África do Sul, Espanha, Alemanha, China, Índia, Áustria, Portugal).
• Filiais comerciais: em 36 países.
• Faturamento: R$17,5 bilhões em 2020, 56% vindos do mercado externo.
• Índice de Inovação: 50,7% em 2020 (percentual do faturamento com produtos lançados nos últimos 5 anos).

Comente aqui:

Sobre a Abiogás

Desde 2013, a ABiogás é o canal de interlocução entre o setor de biogás e sociedade civil, os Governos Federal e estaduais, as autarquias e os órgãos responsáveis pelo planejamento energético brasileiro.

Posts Recentes

Curta nossa página: