As oportunidades do mercado de gás vão estar na mesa de abertura do Fórum do Biogás

16 de outubro de 2019 / Comments (0)

Destaques Setor

O momento não poderia ser melhor para se discutir o futuro do biogás no Brasil. A opinião é do diretor-executivo da Gas Energy, Rivaldo Moreira Neto, que vai participar da mesa de abertura do VI Fórum do Biogás, maior evento da América Latina para o setor, que a Associação Brasileira do Biogás – ABiogás promove em 31 de outubro e 1º de novembro, em São Paulo. “Temos uma combinação de tempo perfeita, que coincide com o lançamento do programa do Governo Federal para o mercado de gás. Estruturado em função do imenso potencial do gás oriundo do pré-sal, o projeto apresenta muitos pontos que vão viabilizar outras matrizes energéticas, como o biogás. São empreendimentos menores em volume, mas que apresentam um custo de implantação mais eficiente”, comentou.

Para Rivaldo, a conjunção de fatores como regulamentação e ampliação de mercados consumidores representam um estímulo à inovação para a produção de energéticos de diferentes matrizes. “O que o biometano precisa, neste momento, é da disseminação da informação. Sua aplicabilidade ainda está mais associada à energia elétrica. Nem todo mundo sabe que também pode ser injetado para uso na indústria, por exemplo”, comentou.

Rivaldo acredita que o biometano pode gerar um efeito complementar ao mercado tradicional de gás. “Ele atende a um nicho, mas é um nicho bastante competitivo”, afirmou. “Sem contar que, ao mesmo tempo, resolve grandes problemas, como a destinação de resíduos, proporcionando a solução para passivos ambientais”, completou.

Já para o próximo ano, Rivaldo acredita que deve haver um crescimento considerável de empreendimentos privados principalmente ligados a aterros sanitários e ao aproveitamento da vinhaça. “Tenho me surpreendido positivamente com o surgimento de novas usinas, como vimos recentemente no Rio de Janeiro e em São Paulo”, comentou.

Para Rivaldo, há um enorme potencial a ser desenvolvido em São Paulo a partir da vinhaça. “É preciso que haja um alinhamento de informações entre os agentes produtores e comercializadores. Há um potencial enorme para a geração de biogás a partir da indústria sucroenergética, com presença forte no estado de São Paulo. Neste sentido, o Fórum será uma ótima oportunidade para aproximar as empresas do setor”, aposta.

O VI Fórum do Biogás é uma realização da ABiogás, e tem como parceiros institucionais a Associação da Indústria de Cogeração de Energia (Cogen), e da Única, organização da Datagro, e apoio das empresas associadas da ABiogás.

 

Serviço:

VI Fórum do Abiogás

Quando: 31 de outubro e 1º de novembro

Local: Centro Empresarial de São Paulo – Cenesp. Av. Maria Coelho Aguiar, 215 – Jardim São Luís – SP

Mais informações e inscrições: http://www.forumdobiogas.com.br/

 

Sobre o palestrante
Rivaldo Moreira Neto é  graduado em Economia pela Universidade de Brasília (2010), com MBA em Finanças pelo Ibmec (2014) e participação em diversos cursos e seminários do setor elétrico e de Óleo & Gás. Desde março de 2015, lidera a equipe de analistas da Gas Energy, com gerência e participação intensa em todos os projetos contratados junto à consultoria, que se especializou em assessorar clientes na busca por soluções estratégicas na produção e comercialização ou consumo de gás natural, além de processos de due dilligence em ativos do Midstream e Downstream da cadeia do setor a partir do programa de desinvestimentos da Petrobras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *